Para Fevereiro, o livro do mês escolhido pela ZONAVERDE é: “As Ideias que mudaram o Mundo” de Steven Johnson.

Steven Johnson, um dos maiores pensadores da atualidade, coloca uma questão fundamental: o que desencadeia as grandes ideias? Todos identificamos uma boa ideia quando a vemos, mas como geramos as ideias inovadoras que fazem alavancar a nossa vida e a nossa sociedade/cultura?

Neste livro, ao explorar casos como Charles Darwin, o Facebook e a criação do Youtube, o autor apresenta alguns pontos de vista e algumas das razões, sobre como foi possível estes pensadores chegarem às excelente ideias que tiveram. E basicamente na sua teoria, existem 7 etapas do processo para se chegar a boas ideias:

  1. O adjacente possívelSegundo o autor, uma boa ideia só se pode tornar realidade se tiver existido uma evolução anterior, que permita que a ideia faça sentido no contexto atual. Por exemplo, se o Youtube tivesse sido criado na década de 90, quando o tráfego de internet e o volume de conteúdos criados por utilizadores ainda era muito baixo, provavelmente não teria sido um bom negócio.
  2. Redes fluidas: O autor acredita que, quanto maior for a rede de pessoas, experiências ou situações que o mentor da ideia estiver inserido, maior será a hipótese de se desenvolverem boas ideias.
  3. A intuição lenta: O autor revela que uma boa ideia demora a tornar-se realidade, mostrando alguns exemplos disso, e refere que é um processo que necessita de maturação.
  4. Serendipity: A serendipidade significa descobrir coisas ao acaso e segundo Johnson, isso acontece com certa frequência, no entanto, sempre associada aos outros elementos comuns às boas ideias.
  5. O Erro: A maior parte das histórias de sucesso e um dos pontos fundamentais, são as ideias que começaram com erros, ou a tentativa de realizar outra ideia.
  6. Exaptação: É a característica de se incorporar a ideia de uma área, em outra diferente. Ou seja, às vezes uma boa ideia para uma área, pode ser uma ótima ideia para outra área completamente diferente.
  7. Plataformas: Neste ponto, o autor sugere que as boas ideias geralmente são validadas por grupos de pessoas, clientes, etc. “Um ambiente, onde os diferentes tipo de pensamentos podem colidir uns com os outros.”

Segundo o Steven Johnson, estas são as estratégias para cultivar as nossas futuras descobertas criativas.

Fonte: Linkedin